My Stick Family from WiddlyTinks.com




Sono do bebê

sexta-feira, 20 de junho de 2008
Hoje entrei no site muito bacana e indico para todas as mamães:

http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer

E tb entrei na comunidade de lá...

Quem quiser entrar aproveita e me adiciona....

http://revistacrescer.ning.com/profile/ViviamaedoFrancisco

aos pouco vou organizando nossa pagina por lá...


No site achei alguns artigos sobre sono de bebês, sei que algumas mamães assim como eu tem problemas durante a noite.

Espero que gostem.

Dicas para um sono tranqüilo

Algumas atitudes ajudam – e muito – a relaxar os pequenos na hora de dormir

1 - O ritual começa no fim da tarde, por volta das 18h: é hora de desacelerar

2 - Ofereça o jantar por volta desse horário ou três horas antes de a criança ir para a cama. Se os pais não estiverem em casa, outra pessoa pode tomar conta da tarefa. No caso dos bebês, a última mamada deve ser perto das 23h

3 - Evite deixar que as crianças assistam a desenhos de terror ou drama à noite ou joguem games com o mesmo tema. O ideal é que computador e TV não façam parte da mobília do quarto delas

4 - Duas horas antes da hora da criança dormir, desligue a televisão ou o computador. Em vez disso, que tal brincar com ela?

5 - Melodias tranqüilas preparam a criança para dormir. Na hora do sono, porém, desligue o aparelho. Ela precisa de um ambiente calmo, sem barulho

6 - Antes de ir para o quarto, um banho morno ajuda a relaxar

7 - Se eles tiverem fome antes de dormir, ofereça comidas leves, como um leite com biscoito ou barras de cereal

8 - A leitura é um bom hábito para toda a família, antes de dormir. Acalma os pequenos e ainda aproxima pais e filhos

9 - Depois, deixe as crianças no quarto,seja na cama ou no berço, sozinhas. Se reclamarem, os pais podem ficar por ali até que peguem no sono, mas nada de colo. A presença transmite segurança e, como tempo, elas vão aprender a adormecer sem vocês por perto

10 - O ambiente deve ser silencioso, escuro e fresco

11 - Além de dar segurança à criança que tem medo de escuro, a luz de cor azul tem efeito calmante. Mas para as que não se importa, o melhor é apagar todas as luzes

12 - Outra coisa que deixa os pequenos mais tranqüilos é o chamado objeto de transição, que pode ser um boneco de pano, bicho de pelúcia ou uma fralda

13 - Um beijo de boa-noite simboliza que o dia acabou

14 - Essa rotina deve ser seguida diariamente. O ideal é que as crianças sejam colocadas para dormir e acordem sempre no mesmo horário

Dicas sobre o sono das crianças

O que não fazer:


A pediatra Márcia Hallinan, do Laboratório do Sono da Universidade Federal de São Paulo, preparou uma lista de situações que você, provavelmente, já enfrentou. Para que os pequenos aprendam a dormir, ela explica que é necessário rotina, ajuste de horários e paciência, muita paciência. Os exemplos abaixo podem ser aplicados eventualmente, portanto, evite-as:

>> ninar bebê no colo diariamente (o correto é colocá-los na cama ou berço e ler por uns 15 minutos ou cantarolar embalando-o pelo mesmo tempo);

>> nada de perambular com a criança pela casa no carrinho de bebê, ou colocar no bebê-conforto lugares esquisitos, como sobre a máquina de lavar (ninguém precisa ser chacoalhado para pegar no sono. Dê uma fraldinha, que ele se auto ninará);

>> nada de passear de carro com o pretexto de fazer a criança dormir;

>> não ofereça mamadeira ou chá a cada choramingo, elas só podem existir se fizerem parte do ritual;

>> pode ser uma delícia, mas não é correto ficar abraçados, lendo até eles dormirem. Você deve deixar o quarto deles quando estiverem sonolentos, mas ainda acordados. Eles devem perceber que estão sozinhos, para não se assustar quando despertarem no meio da noite;

>> nada de inventar situações negativas em relação ao sono, como bicho-papão;

>> atenção: berço não é lugar para castigo!

Sonho de anjo

O sonho é um trabalho do cérebro para guardar em compartimentos e organizar parte de nossa memória. Tal atividade vai crescendo à medida que os bebês se desenvolvem. Como nosso sistema visual é mais rápido e a capacidade de identificar cores brilhantes aparece logo ao nascer, acredita-se que os bebês sonhem com cores assim desde cedo. Ainda não se comprovou, no entanto, se eles têm pesadelos. Na maioria das vezes em que o bebê acorda chorando é porque está na transição do sono mais profundo para o sono ativo, porque está na hora da mamada ou porque sente cólicas.O sonho é um trabalho do cérebro para guardar em compartimentos e organizar parte de nossa memória. Tal atividade vai crescendo à medida que os bebês se desenvolvem. Como nosso sistema visual é mais rápido e a capacidade de identificar cores brilhantes aparece logo ao nascer, acredita-se que os bebês sonhem com cores assim desde cedo. Ainda não se comprovou, no entanto, se eles têm pesadelos. Na maioria das vezes em que o bebê acorda chorando é porque está na transição do sono mais profundo para o sono ativo, porque está na hora da mamada ou porque sentem cólicas.

Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/

E esse outro artigo achei num outro site:

Como ensinar o seu filho a dormir?

O sono é o reflexo do equilíbrio total da criança, em particular da sua segurança afetiva e relacional. Para a criança, um sono adequado durante a noite é uma pré-condição essencial para um bom alerta durante o dia.

Quantas horas os bebês precisam dormir?

A tabela que a seguir se apresenta é apenas orientativa. Cada criança deve ser vista como um caso único para que sejam respeitadas as suas características individuais, assim como os hábitos de cada família.

Idade Número aproximado de horas de sono:
Recém-nascido 16 a 20 horas por dia (intercaladas entre três e quatro)
1 mês 16 a 18 horas por dia (intercaladas entre três e quatro)
4 meses 9 a 12 horas + duas sestas (duas a três horas cada)
6 meses 11 horas + duas sestas (uma a duas horas cada)
9 meses 11 a 12 horas + duas sestas (uma a duas horas cada)
1 ano 10 a 11 horas + duas sestas (uma a duas horas cada)
18 meses 13 horas + uma ou duas sestas (uma a duas horas cada)
2 anos 11 a 12 horas + uma sesta (duas horas)
3 anos 10 a 11 horas + uma sesta (duas horas)


Um recém-nascido chega a dormir 16 a 20 horas por dia, intercalando períodos em que come e dorme. Nesta altura do desenvolvimento, ainda não há a influência cerebral do ciclo noite/dia determinado pela luz do Sol e pelos hábitos familiares.

A partir dos seis meses, a criança já consegue dormir uma noite completa, com 11 horas de sono ininterruptas, sem necessidade de acordar para se alimentar.

Ensine-o a dormir

Durante os nove meses de gravidez, o bebê viveu num microclima onde os episódios de vigília se sucediam aos de sono, independentemente dos horários. A partir do momento em que a criança nasce e os pais ficam encarregues de ensiná-la a dormir, da mesma forma que a ensinam a comer.

1.ª lição
Ensine o bebê a reconhecer e distinguir o dia da noite


Para que o bebê possa aprender a entender a diferença, deve permanecer em lugares bem diferentes, conforme seja dia ou noite. Assim, de dia, o bebê deve dormir em qualquer lugar da casa e fora da sua caminha, por exemplo, na sala, no carrinho, com todos os barulhos existentes, como a televisão, rádio. Convém, também, aproveitar os momentos em que está desperto para lhe falar e para mimá-lo e brincar com ele. Durante a noite, deve dormir no seu quarto, sem luzes e em silêncio. Desta forma, começará a distinguir o dia da noite e o seu ritmo de sono aproximar-se-á do dos pais.

2.ª lição
Ensinar uma rotina de sono


• A partir dos quatro meses, é importante que o bebê associe a hora de dormir a uma rotina. Cada família criará a sua própria rotina, podendo utilizar a chupeta, o ursinho de pelúcia ou outros meios de associação ao sono. Se a rotina se mantiver, o bebê sentir-se-á seguro.

• O banho, se for dado ao fim da tarde ou à noite, pode ser uma ajuda para o bebê adquirir um bom hábito de sono. O bebê deve dormir com roupa confortável, de forma a não ter frio, nem calor.

• Geralmente, aconselha-se que durante os primeiros meses os bebês durmam na sua caminha, mas no quarto dos pais, para estarem mais vigiados. Recomenda-se, se possível, que o bebê seja passado para o seu quarto entre os 4-6 meses de idade.

• Deve ajudar o seu bebê a conciliar o sono na sua caminha e sozinho. Quando o deitar, poderá cantar-lhe, falar-lhe devagar, dizer-lhe que vai dormir, mas deve deixar o quarto com a criança ainda acordada. É importante que o bebê reconheça a sua cama como o lugar para dormir e não o colo da mamã, o carrinho ou o sofá. Quando o bebê adormece fora da cama, por exemplo, no colo da mãe, é provável que chore ao acordar a meio da noite porque não estará no mesmo lugar onde adormeceu.

• Para terminar, durante esta etapa de aprendizagem, lembre-se de que não deve ir a correr consolá-lo perante o primeiro choro noturno, porque às vezes o bebê só está a sonhar ou então se trata simplesmente de um gemido e o bebê volta a adormecer sozinho. Quando o bebê acordar a chorar, procure fazer uma visita rápida ao seu berço. Não acenda a luz, não o pegue no colo. Murmure alguma coisa, acaricie e se for o caso troque a fralda e saia. Com a sua presença pode até ocorrer que ele aumente o choro. Deixe-o a chorar e não retorne em menos de 5 minutos. Repita o que fez da primeira vez e novamente saia. Aumente em 5 minutos o intervalo de tempo a cada visita. O seu filho irá chorar menos noite após noite e numa semana deverá estar acostumado a ficar só. Lembre-se que o choro prolongado, meia hora ou mais, não faz mal ao bebê, nem física nem psicologicamente.

• Há situações em que a criança adormece sem dificuldade, mas acorda durante a madrugada e vai para a cama dos pais. Nestes casos, e logo que os pais se apercebam, a criança deve ser imediatamente reencaminhada para a sua cama/seu quarto. Com esta atitude, evita que o comportamento tenda a repetir-se e ensina o seu filho a readormecer sozinho.

Exemplo de uma rotina:
- Dê-lhe um banho relaxante
- Dê-lhe o jantar
- Deixe-o brincar algum tempo, mas nunca com algo que o excite. Mime-o e esteja com o seu filho
- Dê-lhe a sua fraldinha predileta (ou o ursinho que o acompanha todas as noites) e a sua chupeta
- Deite-o na caminha e permaneça ao seu lado uns instantes. Pode aproveitar para lhe ler uma pequena história
- Despeça-se dele com um beijinho
- Saia do quarto e deixe-o adormecer sozinho.

Caso o seu filho desperte e reclame a sua presença, não hesite em ir ter com ele para verificar se está tudo bem. Se assim for, permaneça ao seu lado um pouco, sem nunca o pegar ao colo e depois saia do quarto, enquanto ele ainda não está adormecido.

Certamente o seu filho irá estranhar esta sua atitude (especialmente se tem tido o hábito de embalá-lo ao colo), mas em pouco tempo habituar-se-á. Nos dias posteriores, quando ele reclamar a sua presença, demore mais algum tempo antes de ir ao quarto verificar se tudo está bem.

Aprender a dormir é uma tarefa relacionada com a maturação do sistema nervoso central, com o temperamento do bebê e com a aprendizagem efetuada pelos pais.

Por tudo o que foi referido, os pais devem ser:
- realistas (as crianças acordam muitas vezes de noite)

- flexíveis (não há uma solução perfeita, cada criança é única)

- consistentes e razoáveis (evitar sestas prolongadas, brincadeiras excitantes à noite); e criar uma rotina (banho, história, objeto transição, etc.).

Um ano

As brigas na hora de dormir começam com um ano. O bebê está tão entusiasmado com suas novas habilidades, que sossegar para dormir torna-se cada vez mais difícil. Ele pode provocá-la a pegá-lo do berço, ele é tão gostosinho que você não resiste. Porém, não abra mão da rotina na hora de dormir, pois ela é útil daqui para frente.

A criança de um ano dorme de 10 a 11 horas por noite e tira duas sonecas de uma a duas horas durante o dia. Como sempre, o bebê é quem sabe quanto sono precisa.

Dica: Você vai notar que seu bebê está dormindo cada vez menos à tarde, e que ele parece ficar feliz brincando um pouco no berço antes de chamá-la. Coloque alguns brinquedos pequenos no berço para estimular essa atitude. Mas não coloque brinquedos grandes, pois ele pode aprender a empilhá-los e sair do berço.

FONTES: http://www.pampers.com.br/

*+*+* Bom, lá em casa tô tentando reorganizar as coisas, primeiro tô tentando fazer com que ele não acorde mais durante a madrugada para brincar e depois que eu conseguir isso vou tentar fazer com que ele largue a mamadeira da madrugada e depois durma a noite toda...

Espero conseguir tudinho...

Acho que isso vai ser assunto para muitos outros posts..


13 meses nesse final de semana

Domingo, dia 22, Francisco completa 1 ano e 1 mês... meu Deus o tempo não para não...

Meu bebezinho pequenino tá indo e deixando no lugar um garoto de olhar penetrante, carinha de sapeca...

Esse rapazinho todo dia descobre algo novo e enche de alegria a vida do papai e da mamãe...

Amamos muitoooo esse guri...


Beijosssss e bom findi
 
posted by Vivi a mamãe do Francisco e da Giovana at 6/20/2008, |

6 Comments:

Oi Vivi, muuuuuuito obrigada pelas palavras de conforto. Obrigada mesmo!
E esse lindão ai hein!? Só crescendo! Que benção!
Um beijão!
Olá, viemos visitar vcs! Adorei seu cantinho e claro que pode nos linkar. Tb vou colocar vcs na nossa lista de amigos.
Beijos
Olá Viviane, passeando pelos blogs de algumas amigas encontrei o seu e resolvi visitá-la.
Ótimas as dicas sobre a preparação para o sono. Graças a Deus nunca tive problemas com a minha filha.
Francisco é lindo, que Deus abençõe a vocês.
Ele e minha filha nasceram no mesmo dia, 22/05, só que a minha no ano de 2002.
Voltarei ok?
Uma boa semana.
Oi Vivi,
Não sabia que o Francisco tem "problema" pra dormir...
Mas muito legal essa reportagem, ajuda bastante né? Espero que logo logo ele durma melhor.
Super beijo.
Oi Vivi parabéns pelo 01 ano e 1 mês do Francisco.
Sobre as matérias muito interessantes. Isa ainda dorme no meu quarto mas estou qrendo mudar pro dela apesar da relutância do pai. Ele tem medo de deixá-la só, rs.
bjs
Nossa que gatão.........
Adorei as dicas, mas não consigo fazer nen metade kkkkkkkk, mas vou tentando.
Que Deus abençoe sempre esse garoto lindo.
Bjim