My Stick Family from WiddlyTinks.com




Há um ano atrás

sexta-feira, 2 de maio de 2008





... eu entrava em férias + licença + férias, foram seis meses casa... os primeiros vinte dois dias foram de intensa espera... e eis que meu pequeno nasceu... ai foram dias de pura alegria, adaptação e muitos sentimentos.




Agora estou numa nova contagem regressiva, o primeiro ano do pequeno... faltam 20 dias.




*+*+*+*+*+*+*




Na noite de quarta sonhei que era o niver do Francisco e que eu não tinha arrumado nada, tinha esquecido de buscar a decoração que aluguei e os convidados já estavam chegando, ai fui com a comadre Jaque buscar a decoração mas a mulher tinha esquecido de mim e alugado pra outra pessoa... buáááá´...




Mas enfim acordei e vi que tudo não passava de um sonho... ou devo dizer pesadelo ????




*+*+*+*+*+*+*




Feriadinho é bom pra quebrar a rotina da semana que é puxada né. Nosso dia ontem foi básico, acordamos cedinho, marido me ajudou com as tarefas da casa, passei as roupas do Francisco ( tinha um montãoooo ), almoçamos na minha mãe.




Papai comprou uma cadeirinha daquelas que colocamos na bicicleta pra passear com o Francisco. Fomos na casa da Dinda Maria, que é minha cunhada tb... fomos levar o convite da festinha. Ela está grávida de 3 meses e na expectativa de saber o sexo do baby... ela já tem uma menina a Jheniffer que é minha afilhada, será que vem o menino dessa vez ????




Bom, iamos passar na casa da sogra tb... mas minha cunhada disse que ela foi trabalhar, ai nem fomos, estava com uma dor de cabeça do cão. Fomos pra casa.




Tirei fotinhos do passeio de bicicleta do pequeno, na semana que vem eu trago.




*+*+*+*+*+*+*




Ontem a Dinda Jaque foi nos visitar, mas não pegou o pequeno acordado pois ele chegou do passeio caindo de sono e acabou dormindo na casa da vovó enquanto eu subi as escadas troquei de roupa e voltei pra casa da minha mãe.




Mas deu pra conversar um pouco né Jaque, combinamos alguns detalhes do dia 22/05 pois ela vai me dar aquela ajudona.




*+*+*+*+*+*+*




Hoje estou trabalhando, não ganhei feriadão e ainda vou ter que ficar até mais tarde... meu serviço está bombando e não posso deixar de fazer pois trabalho com prazos.




E no findi, acho que sábado vai ser corrido, casa espirita, visitar uma amiga que ganhou baby ( ele já vai fazer um mês ), fazer as compras da semana e ainda comprar algumas coisinhas pro chá da Juju.




E domingo, chá de bebê... acho que vai algumas amigas... mas mesmo sendo pequeno vai ser legal. Volto na segunda com fotinhos...


E para finalizar o post de hoje uma mensagem linda que recebi por e-mail hj, essa mensagem vai abrir o mês de maio, mês das mães, mês do meu filhote !!!!

Profissão: Mãe(autor desconhecido)

Uma mulher foi renovar a sua carteira de motorista. Pediram-lhe para informar qual era a sua profissão. Ela hesitou, sem saber bem como se classificar.
"O que eu pergunto é se tem um trabalho", insistiu o funcionário.
"Claro que tenho um trabalho", exclamou .
"Sou mãe". "Nós não consideramos 'mãe' um trabalho.
Vou colocar Dona de casa", disse o funcionário friamente.
Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que me encontrei em situação idêntica. A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente, dona da situação.
"Qual é a sua ocupação?" perguntou.
Não sei o que me fez dizer isto; as palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora: "Sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas."
A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a apontar para o ar, e olhou-me como quem diz que não ouviu bem.
Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas. Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo, com tinta preta, no questionário oficial.
"Posso perguntar", disse-me ela com novo interesse, "o que faz exatamente?" Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz, ouvi-me responder:
"Desenvolvo um programa a longo prazo (qualquer mãe faz isso), em laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria dito dentro e fora de casa). Sou responsável por uma equipe (minha família), e já recebi quatro projetos (todas meninas). Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda???), o grau de exigência é em nível de 14 horas por dia (para não dizer 24 horas).
Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária que acabou de preencher o formulário, se levantou, e pessoalmente me abriu a porta.
Quando cheguei em casa, com o título da minha carteira erguido, fui recebida pela minha equipe: uma com 13 anos, outra com 7 e outra com 3 anos. Do andar de cima, pude ouvir o meu novo experimento (um bebê de seis meses), testando uma nova tonalidade de voz.
Senti-me triunfante! Maternidade... que carreira gloriosa!
Assim, as avós deviam ser chamadas "Doutora-Sênior em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas".
As bisavós: "Doutora- Executiva- Sênior".
E por fim, as tias: "Doutora - Assistente". Uma homenagem carinhosa a todas as mulheres, mães, esposas, amigas, companheiras. Doutoras na Arte de fazer a vida possível e melhor!!


Beijosssssssss e bom findi....
 
posted by Vivi a mamãe do Francisco e da Giovana at 5/02/2008, |

8 Comments:

Nossa Vivi que linda você de barrigão e que delicia pode ficar 6 meses com o pequeno...Quem me dera, acho que vou conseguir no máximo, no máximo 5 meses isso se eles me derem as férias! Contagem regressiva mesmo você com o niver de 1 ano do Francisco e eu com os 39 dias que antecedem o nascimento do Gui!!! Ai que ansiedade!!!beijos
Que lindo o texo! Fiquei emocionada. Depois que fui mãe que passei a dar o verdadeiro valor a arte que é ser mãe.

Bjs e ótimo FDS!!
Oi Vivi, como passou rápido né, o Francisco já vai fazer um aninho, que delpicia!
Imagino sua correria para organizar tudo.
Ele está lindo e a sua cara!

Adorei o texto, muito legal deveria ser assim mesmo.
Super beijo.
Oi Vivi,

seu sonho é sinal da preocupação, mas vai dar tempo de tudo, rs. Eu vou começar a ver agora o niver de 1 ano da Isa.
bjss
Mostre a sua dedicação de mãe!

O amor da mãe pode ser traduzido em uma palavra: dedicação. Nos primeiros passos, as primeiras
palavras, em todos os capítulos de nossas vidas elas estão lá. Olhando, observando, ensinando, aprendendo.
Por isso, o que não faltam são histórias. E histórias bonitas que devem ser contadas para todo mundo ver.

E a gente aqui da Casas Bahia resolveu fazer parte também dessa história lançando um concurso cultural.

Grave um vídeo contando uma história de dedicacão de mãe ao filho e cadastre no nosso site.

Eles serão votados e os melhores vão ganhar muitos prêmios.

Acesse agora www.casasbahias.com.br/maes e conte a sua história pra gente.

Estamos esperando sua participação!
Vivi, Francisco tá lindão!!
Texto muito bonito.
Bjinhus,
Márcia Isabelle
Texto lindo!!!!
Esse primeiro ano com certeza é inesquecível as descobertas tannto suas qto as dele!
Beijooo
boa semana
Oie Vivi

Passei pra desejar uma linda semana e um Feliz Dia das Mães

passa tão rápido mesmo...já to com saudade da gravidez...e sobre o niver...já fechei com um buffet pra eu não me desesperar....

bjs meu e do Rafinha